Translate

sábado, 4 de maio de 2013

Minha fraqueza é minha força.



  Estou tentando sobreviver ao meu caos. Tentando me ajustar nessa profunda desorganização interior. Buscando armas para me proteger dos sentimentos. Das dúvidas. Do que eu sinto. Estou tentando criar uma força que me sirva de alicerce. Uma força sustentada pela crença e pela minha imaginação. Uma força que mais discurso do que sinto. Sim, porque ainda sinto uma fraqueza. Às vezes, ainda me sinto frágil. Mas eu tento ignorar essa falta de força. E ignoro. Porque eu quero. E porque eu preciso. Preciso ser forte. E me manter firme. Preciso defender as minhas escolhas. Preciso ser fiel às minhas decisões. E isso exige muito de mim.
Aliás, minhas escolhas exigiram mais de mim do que eu havia imaginado. E eu preciso de força para resistir à minha fraqueza. Para não me entregar. Preciso me manter inabalável. E forte.
Pois, pior que escolher o caminho, é manter-se nele. Estável. Inquebrantável

Monalisa Macedo



Um comentário:

  1. Oi Marlice, passei para te deixar um abraço e desejar-te uma linda tarde. Bjuss

    ResponderExcluir