Translate

terça-feira, 2 de abril de 2013

Em um infinito de possibilidades




Em um infinito de possibilidades, eu escolho todas. Tenho uma sede que não cessa e uma dificuldade imensa em escolher apenas um destino.
Tenho uma curiosidade que me deixa inquieta e uma vontade de percorrer todos os caminhos que não tem fim.
Alimento a ideia fixa de desfrutar coisas que ainda nem sei e o sonho de habitar em lugares onde nunca estive.
Tenho vontades para suprir e um monte de janelas para abrir. Sem saída, aceito minha condição restrita, mas faço ser intenso tudo que já conheci.
Posso até ser limitada do lado de fora, mas as minhas recordações não me deixam mentir: aqui dentro o espaço é imenso.

Fernanda Gaona

Um comentário:

  1. Que lindo texto, Marlice. Adorei!
    Obrigada por partilhar.
    Beijinhos

    ResponderExcluir